Interações dos meus amigos poetas

Miguel Jacó

Este Deus em corpo físico

Compromete a sensatez

As mulheres nem arriscam,

Provarem a sua nudez,

Dora em diante maldigo,

Quando será minha vez.

Lena Pena

Moreno faceiro

Que faz a morena sonhar

Tem um olhar brejeiro

Ela só pensa em lhe amar

Odir Milanez

Eu não dou valor algum

ao tal tipo de ninfeu.

Quanto ao tipo,sou mais eu!

Não sobra para nenhum.

Pode haver algo em comum

no que se diz da beleza

porque de amor, com certeza,

jamais fiquei em jejum!

Marlene Araújo

Eita moreno arretado

Mexeu aqui com a baiana

Fez meu corpo arder em brasas

A me revirar na cama

A sonhar acordadinha

Com essa tal de barriguinha

Do jeito que a mulherada ama

MORENO PODEROSO

Saia da frente que ele está chegando...
 

Lá vai ele cheio de malícia

Shorts agarrado, sem camisa

Pele bronzeada, uma delícia

Até as coroas ele atiça

Coxas de zagueiro

Seu sorriso é matreiro

 

Andar de malandro

Quando passa na calçada

As meninas ficam suspirando

As virgens sua emboscada

Ele sabe e sorri, pisca, provoca

Passa a mão no peito nu, alvoroça

 

Até as beatas se rendem ao moreno

Espiam pela fresta da janela

Loucas para provar do seu veneno

A comida queima na panela

A fumaceira escapa para a rua

A beata de santa virou falcatrua

 

Ele é poderoso

Sua voz rouca e sensual

Um corpo todo gostoso

É um perigo fatal

Não há quem resista

É um sucesso, parece artista

 

E lá vai ele todo brejeiro

Barriga tanquinho

É puro homem brasileiro

Caminha seguro, sozinho

Dono de seu mundo

Corações arrasa profundo

 

Mal sabe ele da Morena

Que mora no bairro vizinho

Imagino só a cena

Os dois no mesmo caminho

Vai ser um deus nos acuda

Desejo, ardor, saúda

 

O encontro está por vir

É fogo na certa

Em beijo ardente vai consumir

Corpo no corpo desejo desperta

Em breve novas cenas no papel

Retratadas em cordel

 

Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

 

Interações dos meus amigos poetas

Claudia Pinheiro

Do jeito que o mundo está

Ainda tem moreno assim

Despertando as atenções

Será que está no fim

Antes deste se acabar

Vou conquistá-lo pra mim.

 

É por um moreno assim

Que estamos nos apaixonando

Me apaixonei por um

Ainda estou suspirando

parece com meu marido

Do jeito que está relatando.

 

Ele tem o porte físico

Que arrasa meu coração

Do jeito que você fala

Deve arrastar quarteirão

Parece um homem perfeito

Para aumentar a população.

Jacó Filho

Não exatamente esta beleza,

Que faz sucesso com mulheres,

É a grana, queijo e talheres,

Que permite levá-las à igreja...

Camile Simeone

É um escândalo esse moreno

Conheço seu belo porte

Deixa meu corpo fervendo

Quando passa se atrevendo

Dá um cheiro em meu cangote

Preparando o seu terreno

Gilson Faustino Maia

E, quando chega o coroa,

a turma diz: - Coisa boa!

Diz a garota morena:

- Agora, sim, tudo bem,

quero o coroa também.

Do tal moreno, que pena!

Maurício Azevedo

O moreno está por fora

Deus o fez sem enchimento

Quando este moreno fala

Besteiras escuta o vento

A morena muito esperta

Logo vai perceber a arapuca

Faltando espaço na cabeça

Vai por chifres até na nuca

Sônia Nogueira

Este moreno faceiro

Que passa na rua rindo

Tem lá no meu quarteirão

É moço de trato fino

É mulherengo o solteirão

Mas de dinheiro é sovino

E tem rosto de menino

Mas é homem de montão

Juliana

Moreno bronzeado

louca sensação

se olha no espelho

se acha gostosão

Perde tempo,gasta pente

não para de dizer

mulheres sou dondoca

vou gastar o seu laquê.

Nina Costa

O moreno, me disseram

É tremendo, é lindão

Porém, duvidar não quero

Dizem q'ele quebra a mão...

Não adianta a mulherada

Ficar cheia de intenção

O moreno ta na caçada

De um sarado negão

 

Se a morena é esperta

Não se prende a aparência

Passa longe desse engodo

Faz a sua escolha certa

Usa a voz da expêriencia

Observa ele ao todo...

Escolhe um menos vistoso

Mas que é homem, não boneca...

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro