AUSÊNCIA DE AMOR

 

Choro derrama angústia
Revela o amargo da vida
Corpo em tristeza profecia
Busca aflita, não vê saída...

Palavras ditas torturam a mente
Boca uma resposta silencia
Vazio reina imponente
Apatia felicidade distancia

Corpo e alma desprendidos
Escuridão engole a luz
Segredos antes escondidos
Vomitam verdades, vergonha reluz

Medo sufoca a esperança
Não há mais tempo, não há mais volta
Insensatez estrangula a confiança
Na boca palavras presas, revolta

Lágrimas embaçam a visão
Olhar fixo no porta-retrato
Espera ajuda, o perdão
Suspiro sela em dor um trato

Silêncio no corpo
Silêncio na mente
Silêncio na vida
Ausência de amor...


Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro